quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

ENTRE ASPAS: NO DECORRER DA VIDA.

7091_744f_large
No decorrer da vida aprendemos… E quem lê uma frase “No decorrer da vida aprendemos”, deve pensar assim, “nossa essa pessoa deve ter vivido uns 90 anos para saber tanto assim da vida”, mas para o que venho falar aqui, não se precisa de muito anos de experiência, talvez nem de bom senso, mas sim de sentimento. E sentimento é algo que tenho muito. Venho falar que, não é preciso estar perto, para se estar junto, que não é preciso ficar vários dias sem se falar para sentir saudade de alguém. E que para alguém se tornar especial não precisa de se viver anos com ela, ou até mesmo morar na mesma cidade ou pais. Basta você querer conversar com essa pessoa todos os dias e um dia que não conversa sentir falta, mas as vezes não ir conversar com ela, pelo fato de achar que está “enchendo” a paciência da pessoa e mesmo assim ir conversar e falar sobre todo e qualquer assusto. É sentir medo do que está por vir. Enfim é uma mistura de sentimentos inexplicáveis, mas acima de tudo é querer o bem, é Não ver a hora de poder abraçar e quem sabe um dia estar junto. E querer que ela seja feliz acima de tudo, é um amor é amizade. 

 - Erika Gomes
(Por : Ana Karolyna)

Um comentário: