segunda-feira, 20 de agosto de 2012

— Alugue Felicidade.

Tumblr_m7do9omllf1qeyk01o1_500_large

É você, e sempre será você. É você com as suas manias exageradas e as suas gargalhadas escandalosas. É você com o seu jeito de andar torto e com a mania quase insuportável de me amar. É você com a sua mania de mexer nos cabelos e a maneira como respira fundo quando dorme. É você aos finais de semana e o resto dos dias. É você se segunda à segunda. É você 24 horas por dia, 25, se duvidar. É você com todos os seus problemas e com o seu jeito de me reerguer. É você com a maneira ogra, e ao mesmo tempo, doce de me tratar. É você como um tudo. É você que eu quero… Com essas suas qualidades exageradamente perfeitas, e com esses poucos defeitos que nem ouso à comentar. Ou comento? Bem, é você com as suas birras e com a sua maneira totalmente grosseira de me tratar, às vezes. É você quando saí com os amigos e me deixa vegetando em casa. É com você que eu quero fazer as compras do mês e renovar os votos depois de alguns anos. É com você que eu quero trocar presentes de dias dos namorados. É com você que eu quero passar o resto da minha vida. É com você que a minha felicidade exagera. É com você que os meus sorrisos são os verdadeiros e os mais brilhantes possíveis. É com você que eu consigo enxergar as coisas. É com você que eu me perco, e com você que eu me acho. É com você que eu encontro abrigo e proteção. É você, com essas suas manias tão bobas e tolas que chega a me irritar ao máximo. É você de pijama, é você com roupa social. É você com o cabelo despenteado e com gripe. É você com dores, é você com alegria ou tristeza. É com você que as flores brotam, é com você que os frutos saem. É com você que a lagarta vira borboleta. É em você que eu penso ao acordar e ao dormir. É em você que eu penso quando escuto alguma música. É em você que eu penso ao escrever. É você com suas brutas e sistemáticas manias. É com você e somente você. Se o destino não nos reservou essa vida, mostremos a ele que está enganado. Se em mil vidas eu te amar, só te peço que em uma me dê a mão. Se não for você, quem vai? — Alugue Felicidade. “É, com, em você”.

(Ana Karolyna)

Nenhum comentário:

Postar um comentário