terça-feira, 17 de maio de 2011

Meus termos de uso



Querido pretendente, você está prestes a entrar na minha vida, leia o termo a seguir com atenção. Antes de qualquer coisa, quero que saibas: você tens de ser único . Pra mim, pro meu coração e pra minha alma. Sejas o que seu coração quiser que sejas, faça com que eu possa me apaixonar por cada detalhe seu visto à olho nu, e detalhes ainda não descobertos. Me olhe nos olhos como se fosse querer atravessá-los e fazer deles a tua morada. Cada sombra de dúvida que brotar em sua mente, compartilhe comigo - não tenha medo de expor seus sentimentos, quero poder admirá-los junto à ti. Saiba me decifrar em uma só palavra dita. Saiba me apreciar sem abusar muito da nossa “inocência”. Tente me satisfazer com coisas bobas, não sou difícil de agradar, uma simples mensagem inesperada recida durante a madruga, pode cativar meu coração, dependendo do conteúdo, é claro. Esteja disposto à me fazer viver, me surpreenda, e sempre me deixe com vontade de provar mais de teu veneno. Abraçe-me nos meus momentos de carência, se perca em meus braços quando necessário, e seja apenas você em todos os instantes. Não é necessária beleza exterior, exigo apenas uma alma limpa. Se chegastes até aqui e ainda quiser fazer parte da minha inconstante vida, só lhe peço mais uma coisa: Não meça esforços para me ver sorrir. 
Se aceitar entrar em minha vida, não terá de fazer muito, só me amar um pouco e ser capaz de receber do meu amor também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário