quarta-feira, 27 de abril de 2011



Eu me prendo as coisas que nem são minhas, me apego as lembranças que nunca existiram, e crio um mundo de ilusões com todos os meus desejos que acabam destruindo o meu coração. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário