sexta-feira, 24 de agosto de 2012

ENTRE ASPAS

381efe9daa07e5e23a0e4a68d403ff5d_large_large
“O relógio não esta ao nosso favor, parece que “tic e tac” conspira contra nós. Eu conto cada centésimo de segundo quando estou longe de você. É que quando não estamos juntos os minutos parecem horas e as horas são como se fossem dias e por ai vai. Mas quando nos encontramos o tempo passa tão depressa. Quando estou envolvido nos teus braços ou acompanhando a valsa que a sua língua faz dentro da minha boca, é tudo muito rápido, como num piscar de olhos. E quando as nossas mãos se soltam eu só consigo pensar quantos minutos vão levar até elas se encontrarem novamente.” 
— Querido John

Nenhum comentário:

Postar um comentário