sábado, 2 de junho de 2012

Um tanto enigmática

Tumblr_m4q3rqpjvl1qgrfnko1_500_large
“É que ás vezes, eu não me entendo. Ora estou triste, ora feliz, outrora apaixonada, não consigo dizer exatamente como venho me sentindo. É difícil me entender, ninguém me conhece de verdade, ninguém jamais saberá me desvendar por inteiro, sou enigmática, cheias de enigmas que digo então que são um tanto indecifráveis, que nunca serão descobertos nem por mim mesma. Coisa de louco essas mudanças de temperamentos diários, digo que posso ter um pouco de bipolaridade que paira sobre mim, mas não é aquela doentio, em questão de mudanças sentimentais, digo que tenho fases como a lua, ora estou luminosa, outrora me escondo atrás das nuvens, escondo por não querer me exibir, é aquela tal timidez que me priva de várias coisas dessa vida. Ora gosto do sol, do quanto esbelto é os seus raios fortes que deixam o dia tão mais lindo, gosto das flores, das pétalas de cores fortes e chamativas. Vez por outra quero a chuva, aquele dia cheio de nuvens escuras no céu, dias dos quais não saio de casa, fico reparando o cair da chuva, na companhia de uma nostalgia danada. E certas horas que nem uma declaração de amor, nem aquele meu filme de romance preferido me agrada. Coisa de doido não? Me digas então se me entendera, ninguém será tão sábio para saber a resposta dessa pergunta. Direi então, que sou como o clima, ora estou fechada, com cara feia para todos, posso também estar perigosa como uma chuva de trovões e granizo, ou então poderei estar tão radiante como é o pôr do sol, tão prazerosa de se ter por perto. Eis que terás que aprender a conviver com os meus climas, sim, será um tanto difícil se lidar com eles. Já eu, venho me acostumando com essas fases, com esses meus dias de cara feia.” — Sim, sou um tanto enigmática


(Ana Karolyna)

Nenhum comentário:

Postar um comentário