quinta-feira, 29 de setembro de 2011

eu tentei mais não consegui


Juro, já tentei de tudo. Já tentei te esquecer, rasgar tuas fotos, limpar meus olhos pra não te ver, tentei te esquecer, mas nada consegui, e nestes dias sem ti, só fingi, fingi, fingi uma felicidade que não tenho. Que nunca terei, que nunca conseguirei ter. Eu não estou fingindo choro, não estou poetizando coisa bonita, mas Meus Deus, meu bom Deus, porque ele me tirou de ti? Poderia ter me tirado uma perna, meus discos, dez anos de vida, mas que não tivesse te tirado. Que não tivesse te levado, que não te fizesse se apaixonar por outro, por outra, por qualquer coisa. Que não tivesse desviado os olhos - logo os teus olhos - que eram a única coisa que eu tinha, cismaram em habitar em outro lugar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário