domingo, 1 de maio de 2011

Estou certa de que não suportarei.



No fundo eu sempre soube que a minha morte era necessária. Eu a sinto se aproximando e gritando meu nome. Me caçando, me perseguindo. Eu nunca fui forte o bastante. Sempre uma tola egoísta. Eu odeio tudo oque eu fiz e tudo oque me tornei, tudo que eu sou. Eu sinto como se estivesse cega, deficiente, ou alguma coisa do gênero. Eu vejo pessoas sofrendo, morrendo, e não posso ajudá-las. Eu sou importente, e isso me deixa mais frustrada ainda.
Não tenho mais escrito nada aqui por falta de inspiração, e por falta de algo que fizésse sentido pra mim. Não que alguém se importe é claro. Não que eu ache que alguém deva se importar.
3 coisas de que eu estou certa: 1 Religiões causam tristezas e decepções, 2 No fundo, nos tódos somos mesquinhos e egoístas, 3 Existe um elo perfeito entre a dor, a saudade e a agonia.
Se você tiver que ir eu vou ter que ir, mas então eu irei com você. Me desculpe por tudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário